Não estou pronto e é por isto que vou fazer

A gente, criadores de plantão, tem essa incrível mania de fazer o melhor, temos as ideias mais incríveis do mundo, mas elas mal conseguem sair do papel porque ainda não estamos prontos para realizá-las. Querem saber de uma coisa, isso me cansa, de eu mesmo, e muito mais, ver isso nas outras pessoas. Digo, me gasta a alma ver projetos incríveis não saírem do bla bla bla. Isso tudo só dá a impressão de que além de ser uma dessas pessoas, eu estou cercado delas. Que merda está acontecendo? É alguma maldição que diz que não podemos fazer errado, começar com os carros na frente dos bois? Nem a Bruxa do 71 achou o Satanás e que pau de zica a gente tá fazendo aqui nesse mundinho incrível das melhores ideias do mundo?

Vou contar brevemente o meu caso: comecei uma animação 3D, A Invenção da Geladeira, me apaixonei pelo processo de criação sem saber se era daquele jeito mesmo que se fazia, desenvolvi um bom pedaço e nunca perguntei a alguém se aquilo tudo estava certo ou errado. Obviamente só queria contar uma história de uma forma que não fosse apenas escrever um texto e pedir para que as pessoas lessem. E quando tudo isso ficou nos meus sonhos? Quando comecei a acreditar que o que eu estava fazendo estava sendo feito de forma “errada”, criei um bloqueio em que deveria aprender tudo o que fosse possível para tornar aquela criação uma realidade.

Quer saber? Se há um formato certo, eu declaro morte a ele! Isso mesmo! Morte a qualquer receitinha quadrada de processo criativo! Bloquear-se assim só nos deixará na retaguarda e nos deixará a mercê do mundinho do “eu não sei fazer” e do “eu não tenho tempo”. Fala sério, a Bruxa do 71 é um personagem imaginário criado pela turma do Chaves para justificar o medo de lidar com a dona Clotilde (moradora do apartamento 71). Digo mais, medo e falta de tempo é uma masturbação mental e se a gente não está fazendo o que queria fazer é porque estamos nos rendendo a nossa própria masturbação. Porra! Vai lá e faz, pronto, simples assim.

PS: Retomei agora mesmo o projeto da “Invenção da Geladeira” e não estou nem aí para quem achar que eu não estou pronto. Afinal, já dei um murro na minha própria cara e percebi que eu era esta pessoa.

Anúncios

Demo Reel Beta 2009

Enquanto atualizo o meu Reel de forma mais simpática, aqui vai um “rascunho” com alguns trabalhos que fiz durante o ano de 2009.

1- Assinatura do Blog Cruassado [clique aqui]

2- Fechamento do Video Minuto Movimento Pinça [clique aqui]

3- Estações do Ano – teste de cena para o curta “A Invenção da Geladeira”

4- Ilustração feita com 4kg de balas Chita [clique aqui]

Planeta Disney Cast

O mais interessante aqui, posso dizer que foi descobrir como gravar o audio do Skype no Mac OS utilizando uma série de programas gratuitos. Enfim, entrada e saida de audio, a lógica da coisa toda me deixou curioso e furioso, mas não desisti até entender e “fussar” em todas as opções até descobrir.

Ainda tem mais: assistir a filmes de princesas Disney, para fazer um podcast do mesmo tema, foi muito interessante, pois eu sendo um menino do carrinho, dos hominhos de lutinha e da cor azul, pude ver coisas interessantes nesses filmes “cor-de-rosa” (erroneamente chamado assim) e tentar entender mais o que se passa na cabeça de todos que assistem aos filmes (sendo eu uma dessas pessoas), diria, entendi pouco, e quero pesquisar muito mais, porém o melhor deles que diz sobre Realidade e Contos de Fadas ao mesmo tempo na devida medida é o “Encantada“.

Confira aqui a gravação/edição e a minha opinião, juntamente com o Léo Francisco, sobre os filmes, publicado oficialmente no site Planeta Disney:

“Para toda forma de amor…

… Todo tipo de flor.”

É assim que pensamos quando procuramos definir flores para a Floricultura Margarida Flores. Tão belas que podem estar presentes em qualquer momento, tanto nos tristes, como nos felizes, e o principal detalhe que permeia quase todas as intenções de presentear/homenagear alguém especial, carrega consigo o AMOR. E para isso, criamos um jingle. Palmas para meu amigo Tárik Frank, quem emprestou a voz e fez um arranjo musical bem interessante para gravarmos no Studio Van. Escute o primeiro modelo [clicando aqui], e [clicando aqui] para escutar o segundo.

Para o dia das mães de 2009, o Jingle foi veiculado nas emissoras de rádio da cidade de Ituiutaba, MG, onde está a floricultura, e até hoje em algumas datas comemorativas é acionado para a veiculação.

Segue abaixo uma vinheta de 10 segundos para um Outdoor Digital (Tecnofull) localizado na mesma cidade:

Produção: Illustrator e After FX.